Fale conoscoTwitter

USP implanta sistema inédito de votação eletrônica

A eleição para composição da lista tríplice de chapas de reitor e vice-reitor da USP, realizada no último dia 30 de outubro, teve uma novidade: pela primeira vez, a Universidade utilizou a tecnologia digital para a escolha de seus dirigentes. A votação também registrou participação de 93,1% dos votantes habilitados, considerado um índice inédito nos pleitos realizados na instituição.

A USP utiliza uma das tecnologias mais avançadas disponíveis no mercado, o sistema Helios Voting, desenvolvido pelo pesquisador do grupo de criptografia e segurança da informação do Instituto de Tecnologia Massachusetts (MIT, na sigla em inglês), Ben Adida.

O sistema é disponibilizado publicamente como software livre, o que permite personalizações no código fonte, e oferece um programa de eleições verificáveis on-line. Suas principais características são privacidade (ninguém sabe em quem se votou, a não ser o próprio eleitor); rastreabilidade (cada eleitor tem um número rastreável de seu voto); e comprovação (sistema de código aberto, avaliado por especialistas qualificados, e utilizado por grandes organizações).

Desde 2015, já foram realizadas 1.265 eleições eletrônicas na USP, que totalizaram mais de 80 mil votos.

Mais em: http://jornal.usp.br/institucional/usp-implanta-sistema-inedito-de-votacao-eletronica/